Dexametasona pode ser perigoso se usado na automedicação preventiva

O diretor secretário do CRF-GO, Daniel Jesus, foi entrevistado pela Tv Record, no dia 17 de junho, e falou sobre o uso de dexametasona em pacientes com a covid-19 que seguem entubados ou em respiradores. O uso do medicamento é promissor, uma vez que reduz o risco de mortalidade em pacientes graves, como mostraram resultados de um estudo feito pela Universidade de Oxford. Mas Daniel alerta que o fármaco não deve ser usado em pacientes leves e muito menos como prevenção à infecção com o coronavírus.

Para assistir à entrevista na íntegra, clique aqui.
 

Adicionar um comentário

Nome*
Telefone*
Email*
Comentário
 
CRF-GO | FALE COM A PRESIDENTE