Palestra Online: Computação Forense - Por que você deve considerar esta proeminente área pericial?

A Computação forense, às vezes chamada de Análise Forense Digital, é a aplicação de técnicas computacionais de investigação científica a crimes e ataques digitais. Na era da Internet, este é um aspecto importante do direito e dos negócios, e pode ser uma carreira promissora.

Neste contexto, a Dalmass Pós-graduação apresenta a palestra on-line Computação Forense - Por que você deve considerar esta proeminente área pericial?
O evento acontece dia 12 de novembro, a partir das 19h, pela plataforma Zoom.
O link para acesso à sala virtual será disponibilizado aos participantes após inscrição.

Para se inscrever gratuitamente clique aqui.

Saiba mais sobre o evento

Palestrante
Dr. Luis Guimarães -  Doutor em Genética, pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em Genética com ênfase em Bioinformática pela Universidade Federal do Pará. Graduado em Ciências Biológicas. Professor Adjunto I na Universidade Federal do Pará. Coordenador e professor da Pós- graduação em Perícia, Investigação Forense & Criminal Profiling na DALMASS. Experiência nas áreas de Genética e Biologia Molecular, Microbiologia, Genômica (estrutural e funcional), Mutagênese, Estudos funcionais e estruturas de proteínas, Genômica comparativa e Biologia Forense. Atua como assistente técnico em várias áreas da perícia criminal. Autor de capítulo de livro da área forense e membro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses.

Convidado
Gustavo Vilar -Perito Criminal Federal da Polícia Federal - MJSP. Formado em Processamento de Dados e Ciência da Computação pela Associação Paraibana de Ensino Renovado. Pós-graduado em Docência do Ensino Superior pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.  É Oficial da Reserva de 2ª classe do Exército Brasileiro no posto de Primeiro Tenente da Arma de Cavalaria. Coautor e revisor dos livros Tratado de Computação Forense, Ciências Forenses - Uma Introdução Às Principais Áreas Da Criminalística, Polícia científica transformando vestígios em evidências à luz da cadeia de custódia. Atuou no Serviço Público como Papiloscopista Policial Federal e também como Policial Rodoviário Federal. Trabalhou como Analista de Sistemas na multinacional Xerox do Brasil. Foi coordenador de informática na TV Cabo Branco (afiliada da Rede Globo).

 

Adicionar um comentário

Nome*
Telefone*
Email*
Comentário
 
CRF-GO | FALE COM A PRESIDENTE