CRF condena corte no Programa Farmácia Popular

O Conselho Regional de Farmácia do Estado de Goiás (CRF-GO), por meio de sua presidente, Lorena Baía, condena o corte de 59% no orçamento de 2023 para o Programa Farmácia Popular. O corte prejudicará os cerca de 21 milhões de brasileiros atendidos pelo programa, com medicamentos gratuitos ou subsidiados. E restringirá o acesso para novos usuários. A parcela gratuita do Farmácia Popular é voltada para pacientes de doenças crônicas, como diabetes, asma e hipertensão.

 

“Ao tomar essa decisão, o Governo Federal retira do cidadão, do usuário de medicamentos, o seu direito de acesso ao medicamento e à assistência farmacêutica de qualidade”, declara Lorena Baía. Segundo ela, isso poderá agravar a situação de saúde de pacientes, principalmente dos portadores de doenças crônicas, como diabéticos, asmáticos e hipertensos, os maiores beneficiados do programa. Portadores de rinite, glaucoma e osteoporose também serão prejudicados.

 

Segundo a presidente, a medida afetará não só usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), mas também pacientes que consultam por meio de convênio e da rede privada, que poderão ficar sem tratamento. “O usuário que é diabético e não consegue receber o seu medicamento pode agravar o seu quadro de saúde”, exemplifica Lorena Baía.

 

“Nós defendemos o acesso aos medicamentos e à assistência farmacêutica de qualidade, por isso, estamos na torcida para que o Governo reveja essa decisão”, conclui a presidente do CRF-GO.

 

Veja a lista dos medicamentos e insumos afetados pelo corte:

Asma: brometo de ipratrópio, dipropionato de beclometsona, sulfato de salbutamol

Diabetes: cloridrato de metformina, glibenclamida, insulina humana, insulina humana regular

Hipertensão: atenolol, captopril, cloridrato de propranolol, hidroclorotiazida, losartana potássica,hipertensão maleato de enalapril

Anticoncepção: acetato de medroxiprogesterona, noretisterona, valerato de estradiol + enantato de noretisterona

Osteoporose: alendronato de sódio

Rinite: budesonida

Doença de parkinson: carbidopa + levodopa e cloridrato de benserazida + levodopa

Glaucoma: maleato de timolol

Colesterol: sinvastatina

Fraldas geriátricas

Adicionar um comentário

Nome*
Telefone*
Email*
Comentário
 
CRF-GO | FALE COM A PRESIDENTE

Atendimento

Apenas agendamento