CRF-GO inaugura a sala de Comissão de Ética Dr. Roberto de Castro Aires Jacundá

Foi com muita emoção que hoje, terça-feira (20/09), aconteceu a inauguração da sala de Comissão de Ética Disciplinar Dr. Roberto de Castro Aires Jacundá. A sala recebeu esse nome em homenagem ao farmacêutico membro da Comissão de Ética do Conselho Regional de Farmácia do Estado de Goiás (CRF-GO), Roberto de Castro Aires Jacundá, mais conhecido por seus familiares e amigos como Robertinho, que faleceu em maio de 2022, aos 38 anos, em decorrência de um câncer renal.

Estiveram presentes na homenagem a presidente do CRF-GO, Lorena Baía; a vice-presidente Luciana Calil; a conselheira federal de Goiás, Ernestina Rocha; a presidente da Comissão de Ética, Mirtes Barros Bezerra; os pais de Roberto, Blandina Adna de Castro Jacundá e Haydn de Laet Aires Jacundá; os familiares, irmãos, amigos e funcionários do CRF-GO.

Na ocasião, a presidente do CRF-GO, Lorena Baía, fez um discurso de homenagem em que lembrou o quanto Roberto Jacundá era uma pessoa querida, amável, alegre, sorridente e comprometido com a profissão. “Não existem palavras para definir o Robertinho porque ele sempre foi a pura representação da alegria e do amor. As lembranças do seu sorriso, suas palavras amigas, seus gestos, suas atitudes, seu amor por todos que viviam a sua volta continuarão existindo em nossas memórias e corações”, disse a presidente.

Emocionada, Lorena explicou que a homenagem prestada pelo CRF-GO é uma forma de eternizar a memória de Roberto para que todos possam conhecer a história dele com o Conselho, local de trabalho em que ele fez muitos amigos e deixa muitas saudades. “Eu sempre falo que o Conselho Regional de Farmácia do Estado de Goiás é de todos porque a nossa intenção sempre foi fazer um bom trabalho, com carinho, respeito e acolhimento. Mas, hoje, Robertinho, o CRF é seu. E eu sei que você está conosco e sorrindo para nós.  Hoje, o CRF presta essa homenagem a você porque queremos que você seja lembrado por todos que trabalham aqui, por todos que chegaram recentemente e por todos que ainda vão chegar. O CRF quer que todos saibam quem você é e tudo o que representa para nós.  E quando perguntarem: Por que essa sala tem esse nome? Nós iremos responder: Porque o Roberto, ou melhor, o Robertinho, foi e vai continuar sendo o grande amigo e profissional farmacêutico que o CRF-GO já teve”, disse a presidente durante o discurso.

A presidente da Comissão de Ética do CRF-GO, Mirtes Barros Bezerra, e amiga pessoal de Roberto, entregou a placa com o nome dele para os pais fixarem na porta. Mirtes disse que junto ao seu trabalho ganhou Robertinho como presente, desde quando começaram a trabalhar juntos em 2014. Bastante emocionada, Mirtes relembrou algumas histórias que teve com ele: “Tudo o que a Comissão de Ética é hoje foi construído juntos. E junto comigo, na Comissão de Ética, eu ganhei de presente o Robertinho. Ele era uma pessoa incrível, responsável, alegre, sorridente. Uma vez nós demos muitas gargalhadas porque ele recebeu uma homenagem do CRF-GO e recebeu dois convites: um para o Roberto Aires e outro para o Castro Jacundá. Eu disse para ele que ele sempre foi muito mais que uma pessoa, que ele era duas pessoas porque não existia ninguém igual a ele, por isso mandaram dois convites. Nesse dia a gente riu muito.  Se eu pudesse resumir o Roberto em uma palavra seria comprometimento.”  

Mirtes também lembrou quando eles participaram de um amigo secreto (o amigo da onça) com os outros colegas do trabalho e ela ganhou uma luminária que Roberto gostou e pegou dela dizendo que iria levar para casa e devolveria depois. “Ele me devolveu essa luminária semanas antes de falecer e disse para mim: pronto. Ela já iluminou a minha vida. Quero que siga com você”.

Roberto Jacundá também recebeu uma homenagem dos amigos de trabalho da Drogamárys, drogaria que ele trabalhava. Os amigos lembraram que todas as ações que a Drogamárys fazia ele estava presente e sempre alegre.  Os pais, Blandina Adna de Castro Jacundá e Haydn de Laet Aires Jacundá,  receberam um certificado de honra entregue por Dra. Ernestina Rocha, conselheira federal de Goiás. Ao fazer a entrega do certificado, Ernestina se emocionou e disse que a homenagem prestada pelo CRF-GO era uma forma de consolo e de prestar homenagem a alguém que sempre foi muito querido: “Isso serve de consolo, pois a vida continua. Não sabemos o dia de amanhã, mas temos que viver o agora e tenho certeza que o Robertinho está aqui com a gente sorrindo. Ele não ia querer ver ninguém chorando e sofrendo”.

A vice-presidente, Luciana Calil, também emocionada e comovida proferiu algumas palavras de homenagem. Ela disse que, apesar de esse ser um momento difícil, já que nunca é fácil perder quem se ama, tem certeza que Roberto cumpriu sua missão e está em um lugar melhor: “O nosso vale de lágrimas e luta, é aqui. Daqui a gente vai para um lugar que só existe amor e não existe lágrimas, nem dor, nem luta. A gente vai para um lugar cercado de paz e amor. E eu tenho certeza que é esse lugar que o Robertinho está agora porque não haveria como ser diferente. Ele está sorrindo e dizendo que tudo vai dar tudo certo como ele sempre falou”, relatou a vice-presidente.

O CRF-GO tem muito orgulho de ter tido Roberto de Castro Aires Jacundá todos esses anos em nossa casa.

Muito obrigado por iluminar nossas vidas Robertinho! Você estará sempre conosco.

Fonte: Comunicação do CRF-GO

 

Adicionar um comentário

Nome*
Telefone*
Email*
Comentário
 
CRF-GO | FALE COM A PRESIDENTE

Atendimento

Apenas agendamento